A linda história de Fly e Isabel

O depoimento abaixo é de Isabel Costa, que adotou Fly após abandono e mals tratos. Uma história emocionante!:

Eram meados de Fevereiro.

Eu trabalhava numa firma dentro de um parque dividido por várias firmas. Numa manhã de sol, estava sentada nas escadas a fumar o meu cigarro do intervalo, quando de repente ouço um chiar de travões, uma pancada seca e logo a seguir um ganir aflito. Entrei em pânico!!! Tinham atropelado um cão!!.

Em breves segundos, vejo passar um jeep a toda a velocidade conduzido por uma senhora. Mal o jeep desapareceu da minha visão, vejo vir em minha direção a coxear o animal que tinha sido atropelado. Parou na minha frente, olhei para ele naquele momento e seus olhos estavam parados à espera que eu dissesse algo. De imediato observei que o seu olhar era de medo, chamei-o, subiu os poucos degraus até mim, e recebi um beijo (uma lambidela na cara) olhei para ele e perguntei:

Meu lindo, andas aqui sozinho!  Tens sede??.

Levantei-me para ir buscar água, quando voltei às escadas não estava mais lá! Fiquei triste, preocupada, pois ele deveria ter dores. Procurei pelos arredores e não o vi. Desisti da procura e regressei para o meu trabalho. Ao sentar-me na minha caldeira sinto um ventinho gostoso nas pernas, olhei para trás e ali estavam aqueles olhinhos doces. Não soube o que pensar. Como ele poderia saber que aquela seria a minha cadeira???

Ele, que afinal era uma ela, havia me lambido a cara e reconheceu o meu cheiro pelo casaco pendurado nas costas da cadeira.

À noite ao regressar a casa trouxe-a comigo. Durante um ano teve de andar de trela, pois procurava em cada carro, cada pessoa, o cheiro dos antigos donos. Um dia num dos passeios da praia, ela reconheceu um homem que pelo aspecto físico lhe lembrou alguém e dirigiu-se à pessoa. Antes mesmo de a cheirar, virou-se para mim e atirou-me as patas aos ombros. Naquele dia ela disse-me:

Não procuro mais!!!! A partir de hoje tomarei conta de ti como tu de mim!

Fez dois anos em Fevereiro de 2004 que a Fly cruzou meu caminho. Hoje por nada na vida me separaria dela.

A quem abandonou uma collie tricolor com 6 meses perto da linha do comboio das mercês, eu deixo o recado: A Fly já não rói nada, é super asseada e mais que tudo, uma companheira fiel para as brincadeiras.

Um recado a todas as pessoas:

Se o seu filho ou filha com 3 anos de idade lhe partisse as porcelanas de casa como a Fly roía tudo o que encontrava, também o abandonaria??

Um beijo a todos os verdadeiros amigos dos animais, de:

Isabel Costa
( 17 gatos, 9 cães e marido).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

CAMILINHA ALVES

O BLOG FEITO PARA A MULHER MODERNA!

Azul Infinito

Escritos de uma autora qualquer.

Stevil

Death Before Sour Mix

Mundo Pet

Amor não possui pedigree!

Patinhas de Anjo - Rio Claro, SP

Caminhando em prol dos animais

Just M maybe

O lugar mais secreto que existe em meu mundo <3

TTOT

Diário Fotográfico <3

Au au au!!!

Um olhar sobre o universo dos cachorros

OiCarolina

The girl of 5th avenue

Adopets

Sua vez de ser um verdadeiro amigo!

Senhorita Teimosa

Quem tem estilo, faz moda.

Depois Dos Quinze

make, comportamento, moda e mais!

%d blogueiros gostam disto: